fbpx

As Cartas – Tu é a poesia

tu deitada no sofá
assistindo um filme
linda
concentrada
distraída
a gata
no meio das tuas pernas
deitada
não sabes que estou a te olhar
a gata não sabe que estou a olhá-la
uma dorme
a outra ri
com um filme produzido para rir
penso em fazer um filme de ti
mas tu não deixa te filmar
então te fito
daqui
sentado
ouvindo uma poesia
vejo uma poesia
que é tu
e essa gata dormindo

Por Carlos Eduardo Pereira

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: