O último ato: Amor

Todo mundo acha que conhece o amor. Com muitas ou poucas palavras, facilmente pintam um retrato dele. Uns com mais detalhes, outros com mais cor...

Mais que a vida

Os fins de tarde têm sido um presente que agrada os olhos. A brisa fresca em pleno verão espanta a fumaça e acalenta a alma daqueles que anseiam pelo inverno.

A paixão, o amor

Por Carlos Eduardo Pereira

A paixão,/ o Amor/ tu não espera/ esperar é um erro/ aí é que tu nunca vai achar/ ele aparece do nada/ até dentro de um ônibus lotado/ ou mesmo em uma festa

Eu sempre esqueço

Por Carlos Eduardo Pereira

Eu sempre esqueço. Eu esqueço do que falei, das verdades e das mentiras. Esqueço do que lembrei e de que um dia eu quis esquecer.

Perdi tempo demais

Eu perdi muito tempo contigo. Perdi tempo demais com discussões desmedidas, com sorrisos conformados, tentando me adaptar e ser o melhor pra cada um. E bem... eu perdi muito de mim.

A importância na ausência

Mistério grande é ver um arco-íris no céu seco. Alguns podem dizer que é impossível mas, sei que o impossível acontece todos os dias, sem sequer dar tempo para que nos passamos compreender isso.

Perto do céu

Hoje eu estou no topo do mundo. Libertei-me de muita coisa nesses últimos instantes (correndo o risco de que tenha uma recaída, mas por enquanto estou bem). O que me impede de recair é me auto-proibir de te perguntar "E aí, como vai?".

As grades do medo

A carta de hoje não vai sair na ordem exata. Se esforce um pouco para entender. Já bebi bastante nessa vida, pra sorrir e pra esquecer, ou seja, pra "sorrir" e pra esquecer.

Você em mim

Por Kaehryan Fauth

Parece e não faz sentido. Eu sofro com um sofrimento provocado. Costumo reler coisas que me fazem bem, mas dessa vez eu optei...

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑