Por Amanda Carolina Fossá

A lacuna das tuas palavras me consome

Apesar da afirmação que se fez existente nas entrelinhas...

Preencher

Por Amanda Carolina Fossá

Canto calada uma canção que compus ao ouvir o som das pronunciações não feitas

Os desencontros estão presentes principalmente no vazio deixado pela tua silhueta no lugar que chamo de lar...

Assimetria

Por Amanda Carolina Fossá

A discrepância de nossas ideias se funde quando estamos perto

Te reconhecer próximo é como me aceitar em um dos meus momentos de dissociação

O último ato: Amor

Todo mundo acha que conhece o amor. Com muitas ou poucas palavras, facilmente pintam um retrato dele. Uns com mais detalhes, outros com mais cor...

Escrever, pra quê?

Por Carlos Eduardo Pereira

No final vai estar do mesmo jeito. O que muda é apenas a folha. Tu pode me dizer que tudo vai passar. Mas chega uma hora na vida que tu não quer que passe.

Mais que a vida

Os fins de tarde têm sido um presente que agrada os olhos. A brisa fresca em pleno verão espanta a fumaça e acalenta a alma daqueles que anseiam pelo inverno.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑