fbpx

Manivas lança clipe de ‘Cadê o Rio?’

Fotos: Camila Almeida

Por Bruna Deitos

O coletivo Manivas lançou recentemente o clipe “Cadê o Rio?”, uma das músicas do novo EP Colheita. De acordo com a produtora cultural, Joana Golin, a música trata do tema da água doce e dos rios de Chapecó, “que a cada ano sofre com o assoreamento e outros problemas ambientais”.

O vídeo está disponível no canal de Youtube oficial da Secretaria de Cultura de Chapecó. O projeto foi contemplado no edital de chamamento público nº 02/2020 – Aldir Blanc / Chapecó.

EP Colheita

No ano passado, as artistas se reuniram no Estúdio do Gere, em Chapecó, para o trabalho de pré-produção e produção do seu primeiro disco. O EP Colheita é o resultado do trabalho de três anos de estudos e pesquisas com ritmos da cultura popular brasileira. 

O grupo formado apenas por mulheres estudou os ritmos e compôs suas próprias canções. Cinco delas estão no trabalho em estúdio, que versam sobre questões do universo feminino e a sociedade machista, reflexões sobre o cotidiano da cidade e a cultura afro-ameríndia e suas tecnologias originárias, como o cultivo da maniva, mandioca, maní, macaxeira, mandioca, uaipí, entre outros.

A produção musical deste trabalho ficou a cargo do produtor musical Isaías Alves e quem assina a produção executiva é a produtora cultural Joana Golin. O grupo é composto ainda por Alice Souto, Ana Claudia Moretti, Carla Melo, Giovanna Ricciardi, Joana Golin, Joana Paula Pompeo, Katiúscia Silvestri e Patrícia Schons.

Manivas

O coletivo de cultura popular foi formado em 2017 como uma proposta de Isaías Alves e Joana Golin. “Formamos atualmente um grupo que trabalha com distintas linguagens da cultura popular e das brincadeiras de roda da tradição brasileira, também lutamos por um mundo mais igualitário para todas as mulheres, pela visibilidade das mulheres no universo da música na região Oeste, pelo reconhecimento das profissionais mulheres no mundo artístico e da produção musical independente”, comenta Joana.

Revista Artemísia 2021.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: