fbpx

Curso de criação e performance literária está com inscrições abertas em Chapecó

Por Bruna Deitos

Com o propósito de estimular jovens chapecoenses escritores a estudar, criar e publicar seus escritos, o Sarau Nuvem Colona realiza o I Curso de Criação e Performance Literária. Serão oito oficinas em que os participantes aprenderão sobre técnicas de criação e de apresentação oral. 

As inscrições gratuitas e limitadas vão até o dia 21 de agosto. Os interessados devem preencher um formulário de inscrição. As oficinas serão realizadas aos sábados à noite, totalizando 32 horas/aula, dos dias 12 de setembro a 31 de outubro. 

As aulas serão ministradas por estudiosos da literatura: a mestre em Ciências Sociais, poeta, produtora cultural, professora e pesquisadora de cultura popular Joana Golin; a psicóloga, poeta e produtora cultural Alice Souto; o doutor em Literatura, professor, produtor cultural, poeta e músico Demétrio Panarotto; o mestre e doutorando em Teoria da Literatura, Gustavo Arthur Matte; o escritor, professor e editor na Caiaponte Edições, Marcelo Labes; e um grupo de poetas e performers independente chamado Grupo Poetas Vivos.

Criação coletiva

Ao final das oficinas será produzido e impresso um suplemento literário com textos produzidos no curso e escolhidos a partir de uma curadoria especializada. A publicação será distribuída gratuitamente em Chapecó, possibilitando a democratização da produção local para comunidade. 

“A partir do lançamento do primeiro número deste suplemento esperamos seguir adiante com sua comercialização apostando no caráter multiplicador e sustentável desta proposta”, comenta Alice, coordenadora do projeto. O objetivo é fomentar a produção de conteúdos autorais com foco identitário e regional. A intenção é que os autores escrevam sobre vivências do cotidiano e da cidade, evidenciando, assim, a literatura regional.

Valorização de autores locais

O projeto Sarau Nuvem Colona, organizado pelas poetas Alice Souto e Joana Golin, promoveu o primeiro evento em 25 de agosto do ano passado, quando Chapecó comemora o aniversário do município. Sempre de forma gratuita, o projeto uniu artistas locais que compartilharam trabalhos autorais, bem como escritos de outros artistas. 

Organizadoras do sarau, Joana Golin e Alice Souto com a proprietária do Bar do Zé, Rosane (ao meio)

O Curso de Criação e Performance Literária surge como mais uma etapa no fomento da literatura regional. O objetivo, segundo Alice, é dar visibilidade à produção literária local e fomentar a cadeia da produção literária da cidade, assim como o processo de criação coletivo. “Além disso, projetos como Nuvem Colona revelam e valorizam novos talentos locais e ressignificam o sentimento de pertencimento regional potencializando a multiculturalidade. A ideia é desenvolver uma literatura regional capaz de abarcar diversos olhares sobre a cidade e fomentar um sentido de identidade local e pertencimento aos que nela vivem”. 

Incentivo público

O projeto foi selecionado pelo Edital Municipal de Fomento e Circulação das Linguagens Artísticas de Chapecó 2020, realizado pela Secretaria de Cultura da prefeitura municipal de Chapecó. 

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: