fbpx

Canto Perene: um convite disruptor à apreciação musical

Por Renato Silva

O duo Canto Perene provoca de diversas formas aquele que se dispõe a experimentar sua musicalidade leve. Mas além do ouvir, reflexão e sensação podem ser os exercícios mais comuns entre os que dedicam algum tempo ouvindo a poesia musicalizada dos artistas Laira Góes (24) e Vinicius Souza (33).

A união dos talentos de uma professora de música soteropolitana aos de um músico radicado na profissão de gráfico brindam o público com a poesia, que apoia todo o trabalho, e a abstração que deixa a porta aberta para significar e ressignificar mensagens acolhidas por suas melodias.

Apreciadores da letra e do talento de Manoel de Barros, os artistas têm como referências em grande parte a MPB mineira, como: Vander Lee, Milton Nascimento e Lô Borges. Além de Lenine, 5aseco, Marcelo Camelo, Tim Bernardes, Djavan, Gilberto Gil e Caetano.

A cada lançamento, se mostra uma outra característica do Canto Perene: a de provocar sensações, seja com as palavras ditas e não ditas, ou mesmo com o aconchego que o som do duo proporciona aos ouvidos mais atentos.

Re-pousar, de Canto Perene

Estresse da quarentena. Cansaço inexplicável. Tensão. Caos. Vontade de afrouxar a gravata, descer do salto. Re-pousar.

Ao Canto Perene, não interessa qual a sensação exata você sente ouvindo Re-pousar, os artistas sabem que você sente algo. E é para isso que a canção foi lançada, para sentir, não para definir.

Entre hipérboles e questionamentos, ansiedade e angústia, os artistas provocam a percepção do ouvinte a interpretar a personagem que vive o cenário cantado. Um alguém envolto de metáforas? Um pássaro em busca de lugar onde pousar? Escolha.

Pouso é fé no chão

Ouvir além do que se diz, nas pausas, é aceitar a proposta e refletir letra e melodia. De repente, enxerga-se diferente o mesmíssimo momento.

Se meus pés não tocam o chão ainda posso voar

Re-pousar agora propõe um novo olhar, uma nova perspectiva. A mesma questão, que ao iniciar foi tensão, tem a tranquilidade ilustrada pelo instrumental e a voz que noticia: a personagem soltou-se do peso, agora flutua.

Ouça o Canto Perene no Spotify, ou no Deezer.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: