fbpx

Era uma vez

Por Carlos Eduardo Pereira

 
Me conte uma velha novidade!
Daquelas histórias que tu não viveste
Mas que de cor tu sabes
 
Me conte, antes que o tempo esqueça!
Antes que o tempo leve embora
Venha, me conte! Como é o mundo lá fora?
 
 
Me conte o que aconteceu no passado
Do mundo real e do paralelo
Das loucuras e das fantasias
Venha, não deixe para outro dia!
 
 
Me conte hoje
Porque amanhã tu já pode ter esquecido
Fale da herança, das princesas, das formigas
Fale da caixa da esperança!
 
 
Me conte antes que o nosso tempo acabe
Antes do próximo desastre
Mas conte, com os mínimos detalhes!
 
 
Me conte antes que a fogueira apague
Antes que as estrelas desapareçam
Eu não deixo de esperar
Pois, talvez, o que eu quero ouvir
Eu já posso ter ouvido falar
 
 
 
23 de outubro de 2015
 
 
 
Poema escrito para o Documentário “Bardo“, dirigido por Taulan Cesco. 

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: