fbpx

Filme de ficção chapecoense “Nova Linha, Parágrafo” é disponibilizado online

Bastidores da gravação do curta-metragem (Foto: Divulgação)

A obra de José Boita parte de uma premissa simples: em uma cidadezinha igual a tantas outras, uma escritora precisa entregar um romance encomendado. Porém, o prazo diminui e a criatividade não aparece. Na busca por ideias, realidade e ficção entram em conflito. Então, em “Nova Linha, Parágrafo”, ela descobrirá que criar uma protagonista e ser a protagonista da própria vida pode modificar o mundo real. Afinal, poeta é quem escreve ou quem vive poesia?

Para a criação da ficção, produzido pela Lua Caolha Filmes e Produções, a literatura foi a principal inspiração. Como conta o diretor e roteirista, José Boita, foram utilizadas referências da literatura da geração beat, um importante movimento de jovens escritores e poetas das décadas de 1950 e 1960. “Existe um mercado audiovisual consolidado e em crescimento em Chapecó. O setor audiovisual gera empregos, renda aos profissionais e retorno em impostos para a cidade. A equipe técnica e o elenco deste filme foram formados exclusivamente por profissionais daqui”. 

Boita destaca ainda que o curta-metragem, lançado em 2016, já circulou na cidade e foi exibido em sessões de cinema gratuitas em diferentes espaços. Essa democratização teve como objetivo contribuir na formação de público interessado em obras cinematográficas locais, além de fomentar a produção do cinema de ficção na cidade a fim de expandir o setor audiovisual.

Apoio estadual

Durante a pandemia, as atividades artísticas e culturais foram diretamente afetadas. Artistas e produtores ficaram impossibilitados de desenvolver suas atividades devido às medidas restritivas e, por isso, surgiu o edital público #SCulturaEmSuaCasa. Lançado pelo Governo do Estado de Santa Catarina, em parecia com a Fundação Cultural Catarinense, a Escola do Legislativo e a Assembleia Legislativa do Estado (Alesc), o edital trouxe diversos benefícios. Os R$ 4 milhões disponibilizados auxiliaram no fomento a cultura, geraram renda e  possibilitaram a continuidade das atividades de muitos trabalhadores do setor. 

Um dos projetos inscritos e contemplados para ser distribuído em plataformas online é o “Nova Linha, Parágrafo”. Agora, o filme chapecoense está disponível para a audiência no canal de Youtube da Lua Caolha Filmes e Produções. “Depois da circulação do filme por mostras de cinema presenciais, chegou a hora de circular para outros públicos via internet”, finaliza o diretor.

Confira o curta-metragem abaixo:

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: