fbpx

Cia Contacausos apresenta espetáculo “Visagem” nesta sexta-feira (13)

Fotografia: Louis Augusto Radavelli Rodrigues

Além de contação de histórias também haverá exibição de filmes do gênero trash

Por Taulan Cesco

Supersticiosa ou não, toda pessoa hesita quando quebra um espelho ou passa por debaixo de uma escada. Mas também há quem desafie os mistérios da vida. E para celebrar os causos que a nossa gente conta, nesta sexta-feira (13) a Cia ContaCausos vai apresentar o espetáculo Visagem.

O enredo conta com vários relatos e causos sobrenaturais contados por moradores de comunidades rurais do Oeste catarinense. Por cerca de 10 anos, Josiane Geroldi, idealizadora e pesquisadora da ContaCausos, buscou histórias do folclore regional e transformou as entrevistas no espetáculo que mistura imaginário popular e vivências reais.

O espetáculo Visagem será apresentado na Nossa Maloca, sede da Cia ContaCausos. O sítio cultural fica localizado na Linha Tafona, comunidade rural no interior de Chapecó. O evento começará às 20h30 e também contará com o “PiCine Trash”, no qual serão exibidos os filmes de horror “Zombio 2: Chimarrão Zombies” e “Ándale”, dirigidos por Petter Baiestorf e produzidos pela Canibal Filmes, de Palmitos. A iniciativa é uma parceria entre Cia ContaCausos e Lua Caolha Filmes, produtora audiovisual de Chapecó.

Os corajosos de plantão que desejam imergir nessa experiência de arrepiar o cabelo, podem comprar o ingresso antecipado na Humana Sebo e Livraria (no Centro Comercial Chapecó) ou na hora, no local da apresentação. O ingresso custa R$ 20,00 e a classificação indicativa do evento é de 14 anos.

A ação cultural também tem apoio da Radar Produções e da Girassol Cultural. Os organizadores do evento ainda sugerem que o público promova caronas solidárias, já que o sítio não conta com estacionamento privativo.

SINOPSE DO ESPETÁCULO: VISAGEM é resultado do trabalho de pesquisa realizado pela Cia ContaCausos iniciado em 2008 com as narrativas orais recorrentes no oeste catarinense. As experiências, causos, relatos, crenças, modos de vida e linguagem compilados através de pesquisa e entrevistas com moradores, ganham vozes e imagens no espetáculo que de maneira poética, procura difundir e estimular o reconhecimento das expressões da cultura popular/oral cabocla do oeste Catarinense.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: