As Cartas – Versos

Foto: Amanda

Tu pode ler ouvindo essa música.

Tantos sentimentos
Perdidos no tempo
Que vagam pedindo
Apenas um alento

Pra que consigam um abrigo
Um ombro amigo
Um doce sentido
Ou um amargo vício

Pra ter certeza de que eu consiga
Esquecer os momentos
Que me cercam
E me dizem pra fugir
Pra calar
Ou pra mentir

Tantos pensamentos turbulentos
A maioria sem sentido
Sem saber pra onde ir
Sem saber pra quem correr
Me pergunto se estou autorizada a sofrer

Apesar das frases falhas
Da cabeça pesada
No final tudo se encaixa
Parece que se arrasta
Essa esperança de sobreviver

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: