As Cartas – Nada

Desenho: Amanda

Tu pode ler ouvindo essa música.

Crio ilusões 

Muitas delas se tornam verdades

Eu tento não acreditar

Toco minhas mãos

Cheiro meus braços e minhas roupas

A dissociação constante

O apego à realidade se mostra

Na medida em que eu me distancio

De tudo que eu acredito

A angústia me cobre 

Uma aura cinza paira sobre mim

A cabeça pensante

Os ombros cansados 

O peso de sentir demais

Eu sempre sinto muito 

Pelas coisas que eu digo

Por tudo que eu não expresso

O coração cheio de amor

O medo da solidão

A ação é antecedida pela coragem

Mas a coragem nem sempre anda de mãos dadas com a ação

É uma complementariedade esquisita que se forma

E que ao mesmo tempo… Se esvai

A vida às vezes bate tão forte 

Não é tristeza

É a ocupação do vazio que dói

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: